domingo, 16 de janeiro de 2011

COMO CALCULAR as VIBRAÇÕES NUMÉRICAS da CARTA NATAL


COMO CALCULAR as VIBRAÇÕES NUMÉRICAS
da CARTA NATAL

CHAVES:
Dia de nascimento = Alma
Mês de nascimento = Karma ( Personalidade)
Últimos dois números do ano de nascimento = Dom – Presente de Deus
Ano de nascimento = Vida Passada (Destino)
Soma do dia, mês e ano de nascimento = Caminho (Missão)

Esta Numerologia chega até o número onze, se o número final é maior, volta-se a  somar até obter um menor. Por exemplo: 12 + 3 + 1966 = 28 = 2+8= 10 , então o número buscado é 10 .

PRIMEIRO ASPECTO : ALMA

Marca o dia do nascimento, Exemplo: se a pessoa nasceu no dia onze, sua alma será onze; se nasceu no dia seis, sua alma será seis.

            O fator ALMA ( as deficiências) é preciso trabalhá-lo interiormente para sentir-se conectado com a própria alma.
·         Significa a relação que o ser tem consigo mesmo.
·         Significa como ele é por dentro.
·         Quando está bem consigo mesmo, tudo está bem por fora e ele terá paz interior.
·         A Alma é o melhor companheiro que o ser possui.
·         Normalmente todas as pessoas têm problemas com esse aspecto, Alma. Quem, não puder ir até dentro de si mesmo, em sua fonte, não poderá encontrar seu verdadeiro Ser.

SEGUNDO ASPECTO: KARMA – Personalidade
O mês do ano marca o número do Karma. Exemplo: se a pessoa nasceu em setembro, seu Karma é nove; se nasceu em abril, seu Karma é quatro.

O fator KARMA (as deficiências) precisa ser trabalhado exteriormente para pessoa saber se está no caminho espiritual. KARMA é a maneira como o ser se percebe e como se relaciona com o mundo exterior. Esses dois fatores: ALMA e KARMA terão de ser trabalhados conjuntamente para harmonizá-los.

* O Karma mostra a relação existente com o mundo externo.
*O Karma é a personalidade.
*O mês marca a ação que se desenvolve  no mundo, a ação sempre vai ligada à personalidade.
*A maioria das pessoas vive lutando consigo mesmas.
*A luta se dá  entre a Alma e o Karma (personalidade).
* É difícil chegar a essa reconciliação.

TERCEIRO ASPECTO: DOM

Obtém-se mediante a soma dos dois últimos dígitos do ano de nascimento. Por exemplo: 1975  (7+5=12)    (1+2=3)   Nesse exemplo, o DOM corresponde ao número 3.

O fator DOM (as qualidades) é a base, as virtudes inatas com as quais o ser nasce neste mundo para conseguir harmonizar a ALMA e o KARMA.


*Ao encarnar Deus lhe dá um Dom, uma virtude.
 *É uma qualidade com que lhe presenteia, pois esforçou-se para  alcançar essa virtude, através das encarnações.
 *O presente de Deus é sempre positivo.
 * O ser sempre pode confiar em seu Dom.
 *Conhecê-lo implica realizar um trabalho consigo mesmo para começar a ver o que há dentro de si.
 *A utilização do presente dependerá do grau de consciência de cada pessoa.

QUARTO ASPECTO: DESTINO – Vidas Passadas

Obtém-se com a soma dos quatro dígitos do ano de nascimento. Exemplo: 1975 = 1+9+7+5 = 22 = 2+2=4
Nesse caso, o Destino é 4.

O fator do DESTINO (as qualidades) é outro pilar, outra força que se tem também,  para se conseguir harmonizar os dois primeiros fatores: Alma e Karma. A pessoa deve estar segura sobre os dois últimos fatores: Dom e Destino, segura de que tem essas faculdades, expressá-las e manifestá-las.

 *Através do aspecto Destino, o ser encontra a chave das encarnações passadas.
*Vê aquilo que estava tentando aperfeiçoar nas últimas vidas.
*Supõe-se que sejam mais ou menos sete vidas que o ser demora para cultivar e amadurecer um número, uma virtude.Esse aspecto mostra o que projetamos, e como as pessoas nos vêem.
*A primeira impressão que se tem, quando se conhece alguém, ocorre através do número do Destino.

QUINTO ASPECTO : CAMINHO - Missão

Obtém-se mediante a soma total da data de nascimento. Exemplo:12 de outubro de 1982 = 1+2 + 10 + 1 + 9 + 8 + 2 = 33 = 3+3 = 6
O Caminho, nesse exemplo, é 6.

O fator CAMINHO ou MISSÃO é a conseqüência de a pessoa haver trabalhado os fatores da ALMA e do KARMA, e de haver expressado corretamente os fatores DOM e DESTINO. É o que ela há de obter na vida para chegar à evolução e à plenitude espiritual. O número que marca esse fator representa o que realmente o ser veio para expressar, para viver na encarnação atual e que lhe proporcionará a plenitude espiritual.
 
·         O estado de paz e de harmonia permanente consegue-se somente, quando se tem a certeza absoluta de estar cumprindo e desenvolvendo a própria missão.
·          Se uma pessoa não consegue harmonizar cada um dos seus números ou aspectos, não está cumprindo sua  missão e não será feliz.
·         O quinto aspecto é a fonte de aperfeiçoamento.
·         É o número guia, uma espécie de Mestre que é preciso ter permanentemente presente em na vida. Primeiro deve-se polir, positivar os primeiros quatro aspectos para logo se dedicar ao quinto aspecto.


NUMEROLOGIA REFLEXIVA:
Quando o KARMA e a ALMA são iguais. Exemplo: 10 de outubro (10 do 10), a pessoa é um espelho: como é por fora é por dentro.
*As pessoas que possuem esse tipo de numerologia têm problema de  aceitar e compreender os demais, já que elas não concebem haver diferença entre personalidade (Karma) e Alma.
*Quando essas pessoas têm problemas consigo mesmas, imediatamente alteram-se as suas relações com o exterior.
* Elas são tudo ou nada, já que estão bem, ou estão mal, em ambos os corpos.

NUMEROLOGIA DHÁRMICA
Acontece quando o número do presente de Deus (Dom) repete-se em um dos outros aspectos, ou seja, no número da Alma, do Karma (Personalidade), da Missão ou do Destino (Vidas Passadas.)
·         Esse tipo de numerologia é um dharma, uma benção, já que o presente de Deus, que é sempre é positivo, estará reforçando o aspecto que é igual a ele.

NUMEROLOGIA COM PROBLEMAS EM VIDAS PASSADAS
Acontece quando o número de Vidas Passadas (Destino) repete-se em qualquer um dos aspectos.
·         Significa que a pessoa não poliu essa virtude ou fortaleza.
·          Em algum ponto falhou, portanto terá que iniciar um novo ciclo de encarnações até ter conseguido.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário